Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

baú das alembranças

baú das alembranças

Associações

apre.jpg

 

Isto de formar associações tornou-se demasiado fácil e oportunisticamnete todos os dias nascem associações de apoio a isto, áquilo e a aqueloutro que a maioria delas servam par extorquir mais uns trocos áqueles que precisam de apoio ou informação.
É a APre, A Apir, A associação de inquilinos, a associação de senhorios, associação de manetas, associação de pernetas, associação de ceguetas, é a associação do raio que os parta a todos.
Então de repente aparece a notícia:
A Presidência da associação dos manhosos inveterados desapareceu com milhares de euros pertencentes aos sócios e simpatizantes da actividade.
Há tempos apareceu uma associaçãos e reformados e pensionistas:
Como eu me tinha reformado recentemente pedi documentação para me inscrever na ideia de que iria ter um meio de defesa dos meus interesses.
Primeira bola, pagamento de uma quota mensal de 7 euros. Passados três meses a tal associação tinha mais de mil associados.
Mil associados são sete mil euros de quotas por mês.
Pensei logo; Rico suplemento para uma direcção de três ou quatro reformados espertos que pensaram logo; Isto em terra de cegos quem tem um olho é rei e nós temos mais de um olho. e arranjamos uma boa hipotese de ir buscar ao saco azul ou verde ou vermelho mais uma boa verba das quotas dos incautos.
Então rasguei a proposta de adesão e defendo-me a mim próprio.
Ah!... Serviu também para criar uma Associação de Apoio às Vítimas dos Incêndos de Pedrogão Grande.
Segundo consta essa associação fez desaparecer mais de um milhão de euros que foram angariados em peditórios e festivais.
Assim não.Comigo não contem.
 

A limpeza das praias e o voluntariado.

replantar.jpg

replantar portugal.jpg

 

A LIMPEZA DAS PRAIAS E O VOLUNTARIADO
Talvez há mais de dez anos que as praias de Oeiras, Cascais, Sesimbra, Albufeira, Quarteira e outras já tinham equipamento deste.
Agora acharam por bem pararem as máquinas, deixarem-nas apodrecer, dispensar umas dezenas ou centenas de funcionários das autarquias e fazerem apelo ao voluntariado nas escolas e outras instituições.
O voluntariado é que está a dar.
É a limpar praias, é a limpar bermas e matas, é a fazer replantação nas áre...as ardidas é dar comer aos indigentes, é a recolher animais vadios.
Agora até dá para a apanha da batata que os produtores abandonam na terra por não ter calibre para o mercado e que em vez de ficar a apodrecer e a encher a terra de parasitas vai para para o Banco Alimentar.
E com tudo isto se acaba o trabalho para tarefeiros e estudantes que aproveitavam as férias para ganhar uns trocos de dinheiro de bolso.
Viva o voluntariado e a exploração desenfrada do trabalho gratuito à custa do qual uns tantos gulosos aproveitam para encher os bolsos.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D