Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

baú das alembranças

baú das alembranças

MIguel de Macedo

Miguel de Macedo

miguel.png

 

A minha alma está parva.
Nem acreditava no que estava a ler porque achava que seria impossível o Pasquim CM publicar isto, mas enfim. Depois que vi um porco a andar de bicicleta já acredito em tudo. Então vou transcrever a publicação do tal dito cujo CM.
«Um grave e acentuado desrespeito pelos deveres funcionais e pelos padrões ético-profissionais. Total falta de competência e honorabilidade. A incompatibilidade absoluta para a manutenção de qualquer cargo público. A inobser...vânsia do interesse público, da isenção, da imparcialidade, do zelo e da lealdade».
Estas são as palavras com que o Juiz Carlos Alexandre brinda o ex-Ministro da Administração Interna do anterior governo, Miguel Macedo.
E agora pergunto eu:
Porque não estender o mesmo elogio ao seu chefe e ex-Primeiro Ministro Pedro Passos Coelho, ao ex-vice primeiro Ministro Paulo Portas, ao ex-ministro da Defesa Aguiar Branco, ao ex-ministro da economia Pires de Lima ou à ex ministra da Justiça Paula Teixeira da Cruz sem falar de outros que mereceriam certamente o mesmo elogio?
É que estes últimos quatro anos e meio foram realmente os mais profícuos produtores de ministros sem o mínimo de competência e qualidade

As tunas

tunas.png

 

Fantástico.
Estou completamente banzado.
É a primeira vez que nos meus quase setenta anos, leio alguém dizer que aquilo que as tunas cantam e dançam é uma merda.
Sou da região de Coimbra sim senhor.
Frequentei a Universidade de Coimbra sim senhor, fiz quase por completo a instalação electrica de uma das salas de aulas da universidade de medicina em 1974.
Frequentei a Universidade de Lisboa sim senhor, fiz por completo a instalação electrica  do pavilhão desportivo da cidade universitária.    
Tenho a 4ª clase tirada na escola primária de uma das aldeias encravadas numa das encostas da Serra da Lousã e se calhar é por causa disso que nunca compreendi aquelas gestos parvos e saltos estúpidos dados por uma trupe de, não sei que chamar-lhes.
Se calhar estou a meter foice em seara alheia, mas se estiver, paciência.

Futebol e Fátima ou vice\versa

Alguém aqui disse que não estamos a viver numa teocracia.
E eu pergunto:
Não estamos?
De certeza que não estamos?
Alguém pôs a questão de que entre debates de futebol e os relatos de dezenas de jornalistas espalhados por Fátima e acessos não sabia por qual deveria optar.
Os debates de fuebol são na sua grande maioria nos canais de cabo pagos por quem quer e vistos por quem quer.
Pode sempre mudar de canal.
Eu tenho 120 mas há quem tenha mais.
Agora Fátima, padralhada e igreja é na televisão que todos pagamos com os nosos impostos, é na televisão que os crentes vêem mas os ateus ou os agnósticos também vêem. Logo não há o direito de uma televisão nacional, paga pelo estado impingir por igual a todas crenças ou não crenças.
O canal Odisseia, os canais do National Geográfic os vários canais da MTV, tem qualquer um deles excelentes programas.
Se não sofremos do síndroma de Masoc o que é que nos impede de mudar?
A mim impede-me o facto de não viver sozinho e ter só uma televisão que tenho de dividir, senão nesta altura o mais certo seria estar desligada.
Não há pachorra.

Quando eu me safei do transplante e consequentemente da falência renal, todo contente fui dar a notícia e agradecer pessoalmente a uma médica que me tinha acompanhado nas sessões de hemodiálise.

A Doutora recomendou-me agradecer a deus.

Eu respondi-lhe que era exactamente isso que eu estava a fazer ao garadecer-lhe o cuidado que me prestou porque deus para mim tinham sido, a minha familia, os médicos, enfermeiros e pesoal auxiliar dos hospitais e clinicas por onde tinha andado durante cerca de dois anos. Acho que não gostou muito da minha resposta.

Não tenho culpa da senhora ser crente e eu não ser.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D