Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

baú das alembranças

baú das alembranças

O Inigma dos Camaleões Verdes

camaleoes.jpg

 

Camaleões verdes?
O que é isso? Camaleão que é camaleão tem a cor que que mais lhe agradar e melhor se adaptar ao meio em que vive.
Logo, se é verde é porque vive no meio do bosque ou nas margens de um rio o que não me parece ser o caso da ilha da Culatra.
Então isto leva-me a colocar a seguinte questão.
A maioria dos proprietários das moradias na ilha da Culatra, em Faro, construídas clandestinamente quando em Portugal não havia rei nem roca, não havia fiscalização nem policia para proibir, tem habitações no norte do país e noutros cantos de Portugal, esgotaram todos os argumentos para reivindicarem o direito a ter segunda ou terceira casa de férias edificada naquela zona...
Isto ainda com a agravante de muitas das casa clandestinas são alugadas a terceiros nos meses de verão rendendo um bons trocos para equilibrar as contas anuais. Para mais não sendo declarado ao fisco.
São uns espertalhões!:...
Então arranjaram como bode expiatório um bicharoco que se calhar nunca viram e nem sabiam que existia senão depois de um experto qualquer se ter lembrado do bichinho e que a existir devem ser meia dúzia de exemplares.
Podem estar indignados mas se estiverem indignados só pode ser consigo próprios porque a ninguém com juízo dá para construir uma casa de férias sem projeto e sem autorização num tereno que não é seu.
Isto é de burros chapados que nem tem a noção do ridículo.

O voluntariado e o aproveitamento

A primeira foto era do tempo em que as autarquias e os concessionários contratavam pessoal ou serviam-se do pessoal existente no quadro para limpar o lixo das matas.
A segunda foto é do tempo em que havia dinheiro a rodos e se compravam máquinas de dezenas de milhares de euros para a limpeza nas matas em detrimento do emprego mesmo temporário.
A terceira foto é recente e é de quando não há máquinas e as autarquias em conlúio com os concessionários tem a brilhante ideia de organizar eventos e apelarem à juventude para em nome do ambiente limparem as matas gratuitamente e livre de quaisquer encargos.

Caiu em moda usar e abusar do vountariado. A Mata do Buçaco contratava  todos os anos dezenas de trabalhadores para fazer replantação de espécies e limpeza da mesma.

Os responsáveis, agora chegaram à conclusão que emem vez de irem contratar pessoal desempregado, fica muito mais barato organizar campanhas de voluntariado para fazer o trabalho que devia ser justamente pago.

Usa-se trabalho infantil e exploração de jovens estudantes par fazer trabalho que devia ser pago feito por desempregados ou pessoal detido nas prisões por crimes menores

Usa-se e abusa-se do voluntariado. 


 
Foto de Adelino Aj Carvalho.
Foto de Adelino Aj Carvalho.
Foto de Adelino Aj Carvalho.
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D