Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

baú das alembranças

baú das alembranças

Era uma vez uma bruta de uma bebedeira.

Uma vez, estava eu numa venda de Viana do Castelo já tinha 18 anos. Foi a última venda onde estive. Estava com uma constipação do catano e de que é que me havia de lembrar.
No fim de jantar bacalhau com grão e batatas vou para o armazém tratar das carroças e ponho-me a beber aguardente queimada com açucar amarelo.
Vou para a cama lá para as onze horas da noite ou mais e adormeci como uma pedra.
O catano foi quando acordei madrugada, vi que me tinha parado a digestão e tinha um monte de vomitado na cama.
Estava lá o grão com bacalhau todo e um cheiro nauseabundo a aguardente que nem te digo nem te conto.
Quem teve de limpar aquela merda toda foi a criada lá de casa. que era aquela mulher que ía cozinhar lá a nosa casa às vezes, a Irene.
Coitada da Irene.
 
Eu também me lembro das corridas às oito da manhã descalço com os pés roxos do frio a partir gelo e ramos por aquele Azarve fora direito à Ferreira e regresso  para às nove horas já estar na escola todo encharcado até ao ossos até à uma hora. e depois ir a Couchel almoçar e a maior parte das vezes era dar uma volta à mesa e voltar pelo mesmo caminho com uma maçanzita ou um bocadito de broa.
 
Tenho tantas saudades. Devias ler o novo livro do teu irmão. Quanto mais não fosse como penitência pelos teus pecados. Mas não to posso enviar. Aquela merda está duma maneira que não se pode imprimir, enviar nem nada só se comprares. por wook custa 3€.
 
Mas olha que eu não tenho dividas de fé nem o caralho mas já o tenho quase lido. É mais literatura tipo readers digest do que o outro. lê-se com mais facilidade e a gente nem repara das saudades do antigamnete e do excelente técnico que ele era que tratava qualquer helicóptero e avião por tu mas não passou de 2º sargento com duas comissões no teatro de guerra e 25 anos de carreira quando os colegas de curso dele chegaram a majores e tenente coroneis..
 
Fim da conversa de chat
 

 

O racismo

Cá não será bem assim? Somos um bocado racistas mas disfarçamos mais olha que na maior parte dos países ocidentais o racismo é mesmo a sério e não disfarçam nem um bocadinho.
Eu estive a trabalhar na Alemanha, França, Bélgica e Holanda e à noite juntavamo-nos quatro ou cinco para irmos beber uma cerveja e havia colegas meus com bigode e cabelo preto que eram impedidos de se sentar por serem confundidos com turcos.
Lá ía eu como era mais claro e tinha bigode louro dizer aos filhos da puta que nós eramos portugueses. Assim até nos convidavam para a mesa deles. Principalmente na Alemanha são uns filhos da puta racistas que nem fazes ideia, mas os outros também. Alemães.franceses, holandeses e belgas e até espanhois, são uma merda como gente. Digo-te eu que já trabalhei com essa canalha toda.
Já trabalhei com polacos, árabes, jugoslavos, paquistaneses, afegãos rusos africanos de vário países, Eu próprio só tive uma pega com um filho da puta francês que era um rafeiro. trabalhador nas obras e mais estúpido que um porco, mas em conversa levou que contar.
Como eu tenho um aspecto mais ocidental não tinha problemas de racismo mas vi muitos colegas terem, mas também à vezes punham-se a jeito. Eram javardos e depois ninguém os respeitava.
Nem imaginas o que é estares na Alemanha na Holanda ou na Suíça e deitares par o chão um maço de tabaco vazio, uma beata, ou escarrares. Havia colegas meus que o faziam sem qualquer problema depois era o caraças. Havia merda. e da grossa.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub