Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

baú das alembranças

baú das alembranças

Que cara tem a felicidade?

Pergunto a mim próprio como é que podemos quantificar a felicidade de cada um.

Isto é trabalho para sociólogos, psicólogos ou outros técnicos.

O que eu pergunto é como é que podemos dizer que esta pessoa é ou não é feliz?

Comentamos com amigos ou até sozinhos:

Este tipo, nunca casou, vive sózinho, sem família, sem filhos, sem mulher, sem ter uma companhia na solidão das noites sem fim.

Vou falar de um caso concreto:

Indivíduo meu conhecido, foi criado com a  mãe, estudou, formou-se, exerceu a profissão pela vida fora e viveu sempre só na companhia da mãe até ela morrer.

Continuou só e por opção sua, pensamos nós, continuou a trabalhar até à reforma sem ter mais ninguém por companhia.

Levou sempre a vida que quis levar, passeando, tomando conta de si, com carro próprio ia para onde lhe apetecia sem ter de dar satisfações sobre isso fosse a quem fosse.

Ora confeccionando a sua própria alimentação ora alimentando-se no restaurante, só uma vez por semana uma senhora ia fazer-lhe a limpeza do apartamento onde vivia.

Não sei, se este homem era feliz na sua maneira de viver.

Não sei se aquela foi a vida que escolheu ou se lhe foi imposta e não teve outra escolha

No entanto parecia ser feliz.

Então eu pergunto de novo.

Que cara tem a felicidade?

 

Outro tipo com quem trabalhei:

Era casado, trabalhava com horários fixos e móveis, tinha dois filhos e uma esposa com quem tinha casado por amor.

Tinha tudo para ser feliz

Ainda novos e com os filhos pequenos, uma doença do foro neurológico colocou-lhe a mulher agarrada a uma cama mais de vinte anos até à sua morte.

Manteve sempre o emprego e o profissionalismo, criou e educou os filhos sozinho, cuidou da mulher até à sua morte zelou sempre para que ela se mantivesse o mais confortável possível.

Lembro-me dele chegar ao trabalho às oito horas da manhã depois de já ter dado banho e o pequeno almoço à mulher e aos filhos, arrumar a casa e deixar os filhos prontos para irem para a escola.

Este homem era feliz?

Tenho tanto a certeza como no primeiro caso.  

A questão que se põe é esta é mais feliz quem vive só sem familia e sem companhia, ou por outro lado é mais feliz por ter uma família constituída?

E eu volto a perguntar

Que cara tem a felicidade? 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D